Estatuto Editorial

Dando-se cumprimento ao artigo 17º, nº 3, da lei nº2/99, de 13 de janeiro, o Estatuto Editorial do jornal Badaladas em vigor é o seguinte:
 
1 - O jornal Badaladas apareceu, como publicação mensal, em maio de 1948, sendo boletim paroquial da então vila de Torres Vedras, cujo primeiro proprietário e diretor foi o padre Joaquim Maria de Sousa. 
Desde janeiro de 1961, depois de uma década de evolução, é jornal semanário regional de inspiração cristã. Em 18 de abril de 1977, o padre Joaquim Maria de Sousa doou-o à Fábrica da Igreja Paroquial da Freguesia de São Pedro e Santiago de Torres Vedras, sua atual proprietária.

2 - O jornal Badaladas, sendo um semanário regional de inspiração cristã, é meio de comunicação social de e para a região Oeste, nomeadamente para os concelhos de Alenquer, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Mafra, Óbidos, Peniche, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras, e para todos os que, daqui sendo naturais, estão fora, no país e no estrangeiro, orientado pelo espírito evangélico e pelo respeito de toda a pessoa humana e de toda a sua qualidade de vida, sem alhear-se dos acontecimentos e interesses de Portugal e da sua participação no concerto das nações.

3 - O jornal Badaladas compromete-se a assegurar o respeito pelos princípios deontológicos e pela ética profissional dos jornalistas, assim como pela boa fé dos leitores e, como é da sua tradição, está aberto a todos os que nele quiserem colaborar, desde que respeitem os princípios morais cristãos e decorrentes das leis, “em ordem a salvaguardar a integridade moral dos cidadãos, a garantir a objetividade e a verdade da informação, a defender o interesse público e a ordem democrática”.

Ler mais....